Home Arquitetos Projetos Publicações Contato
Residência do Arquiteto voltar
São Paulo, SP / BR - 1979 Transparência, leveza e integração dos espaços são características importantes desta casa, onde grandes planos de vidro transformam o jardim numa seqüência visual do interior. Em todos os detalhes, o projeto é voltado para reforçar estas características. A estrutura é feita com uma série de pórticos triangulares de concreto, que recebem a carga da cobertura e permitem o grande balanço lateral. Todos os fechamentos externos se fazem através de planos de vidro temperado. A ausência de pilotis e caixilhos acentuam a transparência dos ambientes; os pilotis estão inseridos na parede central da casa, que define os ambientes de serviço e área dos quartos. Eliminando os caixilhos, os planos de vidro são encaixados diretamente em sulcos no concreto, que recebem uma canaleta de borracha. Na busca desse efeito de leveza, eliminou-se a laje de cobertura; os pórticos receberam uma estrutura de madeira, que revestida com pranchas macho-e-fêmea de pinus elliotis moldura o espaço interno. Desenvolvendo-se em três níveis, os ambientes integram-se através de mezaninos. A luz natural é preservada através dos rasgos de vidro na cobertura e fechamentos, e da execução de uma linha especial de janelas. Para expor a leveza estrutural os detalhes de acabamentos foram simplificados e reduzidos ao mínimo, permitindo que os pórticos de concreto se transformassem numa grande escultura.