Home Arquitetos Projetos Publicações Contato
Concurso Maranhão voltar
A diretriz assumida na concepção arquitetônica do Novo Centro Administrativo do Maranhão resultou em uma implantação, cujos pontos mais expressivos destacamos a seguir: - a inserção urbana da edificação e o diálogo com o entorno, redundando na generosa Praça Cívica que dá acesso ao prédio, situada na parte frontal do terreno voltada para a Av. Gerônimo de Albuquerque, dotada de amplas calçadas, rampas e jardins abertos ao público e receptivos à interação com a comunidade. - o aproveitamento do perfil natural do terreno possibilitando, com pequena movimentação de terra, um conjunto preponderantemente horizontal com até sete pavimentos e um estacionamento em sobre solo. - o atendimento integral a todos os itens do Programa de Necessidades. - a preservação das edificações existentes (E1, E2 e E3), cujas estruturas de pilares, lajes e vigas foram mantidas. - a unificação das edificações novas (E4) com as existentes (E1,E2 e E3) possibilitando uma implantação de forte impacto e fácil leitura. - a possibilidade de crescimento futuro através de uma torre vertical conectada à sequência de átrios ao fundo da composição. Dessa forma o potencial construtivo do terreno poderá ser atingido satisfazendo às necessidades de expansão. O partido arquitetônico adotado dá ênfase à utilização dinâmica do espaço, permitindo leitura e percepção bem claras de toda a composição e sua ligação com o entorno. Participação: Marcio Porto/ Eduardo Miller/ Isadora Souza/ Leonardo Borgheresi/ Luca Caiaffa/ Pedro Henrique Lofrano